blank
Foto: DiárioRP
Foto: DiárioRP

Diante dos problemas enfrentados pela Saúde Pública de Ribeirão Pires, a UPA Santa Luzia é a que mais vem sofrendo com a má administração dos recursos. Depois de ter sido anunciado, por meio de redes sociais, o fechamento informal da Unidade de Pronto Atendimento, outro caso envolvendo a falta de médicos aconteceu na tarde desta terça-feira, 07.

Temendo ser responsabilizada caso algum paciente morra na UTI da UPA, a única médica que prestou atendimento durante o dia, registrou boletim de ocorrência para resguardar-se e não ser culpada por qualquer tragédia. Segundo ela, a UPA ficará sem médicos a partir das 19h desta sexta-feira (07), até a próxima segunda-feira (10), às 7h.

Continua Após a Publicidade

Ainda segundo a médica, há pacientes internados e entubados na UTI da UPA, aguardando vagas para a transferência à hospitais da região.

O Vereador Renato Foresto (PT), esteve há pouco registrando queixa formal no Ministério Público.

Hoje pela manhã, uma atendente da UPA informou que há, de fato, conversas de que a Unidade pode ser fechada. Leia aqui.

DiárioRP está apurando o caso e, em breve, atualizará as informações.