Ensaio retratou a vida de moradores de cortiços em São Paulo. Foto_Bruno_Bocchini
Ensaio retratou a vida de moradores de cortiços em São Paulo. Foto_Bruno_Bocchini

O jornalista e editor de conteúdo, Bruno Bocchini, foi convidado a expor suas fotos em Bogotá, na Colômbia. O convite surgiu a partir do Festival Internacional de Fotografia Paraty em Foco, onde Bruno apresentou o ensaio ‘Entre Linhas [sobre] vivência em cortiços paulistanos’.

“Queria retratar o dia a dia de pessoas e sua relação com a própria moradia, além da arquitetura. As imagens contam histórias, mostram a realidade, fogem do tradicional preto e branco, são diretas e com muita informação”.

Conta.

O ensaio despertou admiração internacional.

“Depois do Festival ganhei visibilidade, recebi mensagens vindas da Europa e América do Norte elogiando meu trabalho, além do convite para expor na Colômbia”.

Diz.

Apesar do talento, a fotografia é somente um hobby que veio da infância.

“Menino, eu observava uma Kodak Instamatic 177x que meu avô tinha à época e hoje está comigo. Ela registrava os momentos em família no sítio onde morávamos e isso me estimulava”.

Conta.

Mas foi na faculdade onde conheceu algumas técnicas e passou a aprimorar.

“Procurava fotografar todos os dias e muitas vezes, não saía com a câmera. Era um treino do olhar, eu via as cenas, construía mentalmente e reproduzia depois. Como sempre gostei de ler, minhas referências saíam de diversos livros”.

Diz.

Dentre os projetos, há o lançamento de um Coletivo de Fotografia em parceria com o fotógrafo Nario Barbosa.

“A ideia é atuar com oficinas gratuitas para crianças de baixa renda. Queremos apresentar a fotografia e emprestar nosso olhar para que os pequenos construam um futuro iluminado”.

Conta.