Dedé comemora liberação do TCE para disputar as Eleições 2016. Foto_Ygor Andrade/Diário RP
Dedé comemora liberação do TCE para disputar as Eleições 2016. Foto_Ygor Andrade/Diário RP

Nesta manhã, o Conselheiro e Relator de processo, Antonio Roque Citadine, do Tribunal de Contas, deu parecer favorável e absolveu o ex-vice-prefeito, Ednaldo de Menezes, o Dedé da Folha. Com isso, Dedé está apto à concorrer ao Paço nas Eleições 2016. Ele havia sido condenado por abuso de poder aquisitivo e teve contas rejeitadas em 2004, quando era Presidente da Câmara dos Vereadores.

Comemorando ao lado de sua esposa, Adriana de Menezes, Dedé agradeceu por ter sido apoiado por seus colegas políticos e disse que a espera valeu a pena.

“Um ano de muita expectativa, cheio de muitas horas de apreensão, mas em fim, obtivemos essa vitória”.

Comentou o ex-vice prefeito.

Sobre sua possível pré-candidatura, Dedé desconversou e disse que a convenção decidirá o nome do representante do PPS na disputa pela Prefeitura da cidade.

“Ainda vamos nos reunir, vamos conversar, vamos ver o que é melhor para nossa cidade e o Partido Popular Socialista é quem decidirá o nome”.

Disse Dedé, brincando com o vereador Edson Savietto, o Banha, perguntando se sua pré-candidatura ainda estaria de pé.

“Agora que o nome mais forte do PPS voltou, eu retiro meu nome; não podemos deixar de fora nossa maior força”.

Argumentou o vereador.

Sobre a disputa, caso seu nome seja mesmo confirmado, o popular socialista afirmou que manterá a “briga” no campo das ideias, sem baixar o nível dos debates.

“Não vamos atacar a candidatura de ninguém. Nós vamos focar em conversar com a população, e mostrar uma pré-candidatura, e posteriormente, caso se confirme, uma candidatura alegre e de propostas”.

Afirmou ele, mencionando que os votos obtidos em 2012 servem de referência para sua luta.

“Muitos me dizem que as eleições de 2012 não terminaram; mas acredito que teremos de batalhar voto a voto”.

Enfatizou Dedé, que questionado a respeito de ser uma das principais forças políticas da cidade, ao lado do atual Prefeito Saulo Benevides (PMDB), disse não enxergar dessa forma.

“Vejo que todos os candidatos saem de um mesmo nível, e o que vai decidir será o Plano de Governo, serão os projetos”.

Detalhou.

Nesta quarta, às 19h, acontece um reunião que definirá, entre tantas outras coisas, o principal provável nome a disputar às eleições e a data da convenção.