cabeçalho eduardo nogueira site

As noites estão sendo frias, trazendo dificuldades para moradores em situação de rua e pessoas carentes. A falta de agasalhos torna a vida dessa camada da sociedade ainda mais dura. Mas, o inverno, apesar de uma estação fria, aquece o coração das pessoas.

Na segunda-feira (13), a Estância acordou mais aquecida por iniciativa de uma moradora, que criou a campanha “cabide solidário” na região central, onde qualquer pessoa poderia deixar um agasalho para outra pegar, sem custos e badalações. Verdadeira aula de sabedoria e solidariedade. A iniciativa me reportou a meados de 2000, quando eu era presidente da Associação Comercial e criamos, junto com a Prefeitura, a Casa do Migrante para receber esses moradores. Já naquela época, o frio castigava. Que iniciativas como a do “cabide solidário” possam ramificar, dando mais conforto para quem verdadeiramente precisa.