Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Praticar esportes radicais não é mais coisa só para gente grande. A pequena Victoria Bassi, de 8 anos, é skatista e hoje já conta com mais de 30 medalhas e 10 troféus conquistados nas pistas de todo o estado. A mais importante, foi ser campeã brasileira de Skate Banks Feminino Infantil de 2015.

Ela disse que não tem medo de se machucar e ainda filosofou sobre o assunto:

“Skate é arte, cair faz parte.”

Victoria tem que conciliar os treinos com os estudos, já que ainda está na 3ª série.

“De manhã vou pra escola, volto, almoço e a tarde vou pra pista andar. Meus pais pegam bastante no meu pé com os estudos.”

– Disse.

A skatista tem como ídolo do esporte, o brasileiro e 10 vezes campeão mundial, Bob Burnquist, que é também o maior medalhista da história do X-Games, competição que reúne os maiores esportes radicais do mundo.

A mãe da atleta mirim, Deise Rodriguez , conta que a menina pegou aptidão pelo esporte desde cedo, quando tinha apenas 4 anos e ganhou seu primeiro skate.

“No mesmo aniversário ela havia ganho um patins e bicicleta, mas ela gostou do skate e no meio da festa já saiu andando.”

– Disse.

A mãe conta ainda que o pai da criança, Thiago Bassi, é quem treina a garota para futuras competições. Atualmente, os pais estão à procura de um patrocinador pra ajudar a custear viagens e equipamentos. “Estamos atrás de patrocinadores, pois não é fácil. A falta de apoio impede ela de competir em outros estados”, concluiu Deise.