R
Desfile Cívico é tradicionalmente feito nas manhãs de aniversário da cidade – Foto: DiárioRP

O tradicional Desfile Cívico realizado na data de aniversário de Ribeirão Pires, 19 de março, não irá acontecer em 2016. O anúncio foi feito pela Secretária de Educação Dalva dos Reis Sensato em coletiva de imprensa na tarde da última sexta-feira (19). De acordo com a Chefe da Pasta, a decisão foi tomada por conta da mobilização contra a Dengue que ocorrerá nas escolas municipais.

\"CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE\"

“Não foi uma decisão unilateral. Eu conversei com todos os diretores e decidimos fazer isso juntos. Outro ponto importante é que o desfile engloba apenas nove escolas, enquanto a mobilização envolve todas as 33 instituições de ensino da cidade. Eu conversei com o Prefeito (Saulo Benevides – PMDB) e fiquei feliz por ele ter dado o aval de não fazer o desfile. Ele entendeu a nossa proposta.”

Explicou Dalva.

R

Dalva disse que o cancelamento do desfile não tem ligação com os protestos realizados na última edição, em 2015 (foto ao lado). No ano passado, pais de alunos levaram cartazes criticando a gestão de Saulo, a Saúde e Educação da cidade. Em 2014, o desfile foi cancelado poucos dias antes da apresentação.

“Não tem nada a ver. Foi uma decisão tomada de acordo com a mobilização contra a Dengue. Esse é o nosso foco no momento.”

Garantiu Dalva.

Ainda de acordo com Dalva, outro ponto que não colaboraria para um possível Desfile Cívico em 2016 é o fato do Complexo Ayrton Senna estar em obras.

“O Ayrton Senna é usado para abrigar os alunos e ônibus das escolas. As obras do Teleférico no local também fizeram parte da decisão.”

Afirmou.

A mobilização que irá substituir o Desfile Cívico faz parte de um programa da Secretaria de Educação em conjunto com as Pastas de Saúde, Segurança Pública, Transporte, Meio Ambiente e Defesa Civil em combate ao mosquito Aedes Aegypti.

“Não temos nenhum caso de Dengue em Ribeirão Pires, mas não é por isso que devemos nos descuidar, pelo contrário. Esse trabalho de educação com os profissionais da rede de ensino municipal será importante, já que eles irão repassar esses conhecimentos de forma lúdica para as crianças.”

Disse.