blank
câmara_sessão
Comissões devem entrar em pauta nesta segunda-feira (1º) – Foto: DiárioRP

A volta da Câmara dos Vereadores de Ribeirão Pires deve ser agitada nesta segunda-feira (1°). Após denúncias de possíveis irregularidades em algumas áreas administrativas da cidade, os Parlamentares podem propor aos demais que se investigue outras áreas. A pauta da vez é a Educação.

A Comissão Especial de Inquérito, a CEI da Saúde, é a mais antiga dentre as possíveis investigações. Encabeçada pelo Vereador Renato Foresto (PT), por conta de denúncias na área médica de Ribeirão Pires, e aprovada em setembro de 2015, ainda não saiu do papel.

Outro inquérito é sobre a Educação da cidade. Após deixar a Secretaria de Educação, a Vice-Prefeita Leonice Moura (PMB) levou algumas possíveis infrações cometidas pela administração da cidade em licitações relativas à merenda das escolas municipais ao Ministério Público.

“As CEIs infelizmente viraram um desgaste. O Presidente da Câmara (José Nelson, PSD) usa o regimento da Casa para paralisar estes processos. Eu sou favorável que se investigue as denúncias sobre a Saúde e Educação.”

– Afirmou Foresto.

O Festival do Chocolate também pode ser investigado, já que alguns artistas locais ainda não receberam o pagamento pelas apresentações no evento. O fato, inclusive, motivou alguns artistas criarem o “ChoCalote”. Segundo Leonice, o Paço deve em torno de R$ 1,3 milhão ao Rotary Club de Ribeirão Pires, empresa responsável pelos pagamentos dos artistas.