O Diário de Ribeirão Pires realizou na última semana pesquisa estatística para saber como anda a opinião pública referente a política municipal atual e para as eleições de 2016.

Continua após a publicidade

Na pesquisa, diversos pontos foram abordados pela equipe do jornal. Entre eles, como anda a avaliação da gestão do atual prefeito da cidade, quais os vereadores mais e menos atuantes, entre outros.

Além disso, também foram apresentados diferente cenários aos entrevistados com possíveis candidatos à prefeitos, onde as pessoas poderiam escolher apenas uma opção. Também foi feita pesquisa espontânea, onde as pessoas informavam o primeiro nome que vinha a mente.

Continua Após a Publicidade

Para que o resultado fosse computado de forma limpa e neutra, a pesquisa foi encomendada pelo Diário de Ribeirão Pires à estaticista autônoma e não residente do estado de São Paulo, que calculou os resultados. As respostas foram colhidas por funcionários do jornal entre os dias 3 e 4 de dezembro. 302 pessoas foram ouvidas.

Perguntadas como avaliam a gestão do atual prefeito, 68,3% dos entrevistados avaliaram como ruim ou péssimo a atuação de Saulo Benevides (PMDB) como chefe do executivo. 27,9% disseram achar regular. Apenas 3,3 classificou como bom e 0,5% como ótimo. O DiárioRP ouviu 302 pessoas entre os dias 3 e 4 de dezembro.

Como você avalia a gestão do atual prefeito

Kiko Lidera em todos os cenários

O ex prefeito de Rio Grande da Serra, Adler Kiko (PSB), é o preferido em todos os cenários em que aparece, seguido pelo ex vice prefeito, Dedé(PPS). Na pesquisa espontânea, Kiko aparece com 8,8% dos votos, seguido pelo Popular Socialista,Dedé, e o Petista Renato Foresto, ambos com 3,2%. Depois aparecem o ex prefeito Clóvis Volpi, com 2,6%, Saulo Benevides, 2,3, Rosi de Marco, 1,1%. Outros candidatos que não chegaram a somar 1% sozinhos, totalizam 21,9% dos entrevistados. Brancos ou nulos, 3,7%. Do total, 53,2% dos entrevistados na pesquisa espontânea não souberam opinar

Na pesquisa estimulada, 4 diferente cenários foram apresentados aos pesquisados. No cenário 1, kiko encabeça com 26,5%, seguido por Dedé, 14,4%, Saulo Benevides, 10,5%, Rosi de Marco, 7,2%.Brancos ou nulos somam 0,5%. De todos os entrevistados, 40,9% disse não votar em nenhum ou não soube opinar.

Estimulada – Cenário 1 :

cenário 1

 

No segundo cenário, sem Kiko e Dedé, A pré candidata do PSDB, Rosi de Marco, lidera com 9,9% das intenções de voto, seguida por Gabriel Roncon, com 8,8%, Charles D’orto, 7,3%, Renato Foresto, 6,6%. Brancos e nulos somam 0,6% Pessoas que não souberam opinar ou não votariam em nenhum totalizam 66,8%.

Estimulada – Cenário 2:

cenário 2

 

No terceiro cenário, se fosse candidato, Dedé venceria as eleições com 17,1%, seguido por Rosi de Marco, com 9,4%, Charles D’orto, 7,7% e Renato Foresto, 5,5%. Brancos e nulos totalizam 0,6%. 59,7% dos entrevistados não votariam em nenhum desses ou não souberam opinar.

Estimulada – Cenário 3:

cenário 3

No último cenário estimulado, colocamos todos os possíveis candidatos. Se as eleições municipais fossem hoje, segundo a pesquisa, Kiko venceria com 22,9% dos votos, seguido por Dedé, com 15%, o atual prefeito, Saulo Benevides aparece em terceiro lugar, com 7,3% dos votos, Charles D’orto em quarto, com 6,2%, Renato Foresto em quinto, com 6,1%, Luis Carlos Grecco, com 4,5% dos votos ficaria em sexto lugar. seguido por Rosi de Marco, com 3,4 das intenções. Brancos e nulos somam 1,1%. 33,5% dos entrevistados não quiseram opinar ou disseram que não votariam em nenhum.

Estimulada – Cenário 4:

canário 4

Diva do Posto é a vereadora mais atuante, Paixão o menos

Os entrevistados também foram convidados a responder quem acreditam ser o vereador mais atuante e o menos atuante. Cada entrevistado só pôde informar um nome para cada pergunta. A vereadora Diva do Posto(PR) foi considerada a mais atuante por 13,3% dos entrevistados. Em segundo lugar, Eduardo Nogueira, com 9,4%, seguido pelo vereador Banha, 8,3% e Rubão, 6,7%. 34,4% dos entrevistados não souberam informar ou disseram nenhum.

Quando perguntados pelo vereador menos atuante, Paixão lidera a lista, com 7,7% de rejeição. O vereador Banha, que havia aparecido como o terceiro mais atuante, dividiu as opiniões e também apareceu em segundo lugar como o menos atuante, com 6,1% de rejeição, seguido por Arnaldo Sapateiro, com 5%. Cléo Meira e Gê do Aliança empatam no quarto lugar, ambos com 4,4%.

Rejeição do PT é de quase 70%

Quando questionados em qual partido mais confiavam, não houve consenso em um partido específico, por parte dos entrevistados, mas 67,4% dos entrevistados afirmaram não confiar em nenhum partido.

Quando questionados em qual partido não confiam e não votariam de jeito nenhum, 68,5% dos entrevistados indicaram o Partido dos Trabalhadores como partido não confiável. Em segundo lugar, aparece o PSDB, com 6,6% da falta de confiança dos entrevistados e o PMDB com 4,4%. Todos os outros partidos juntos somam 5,5%. 15,1% não soube responder ou disse nenhum.