Para Lico, Saulo não seria receptivo a críticas (foto: Rafael Ventura / DiárioRP).
Saulo discursa em evento (foto: Rafael Ventura / DiárioRP).

Não são apenas munícipes e veículos de comunicação que têm recebido ataques da gestão de Saulo Benevides (PMDB), caso façam críticas à sua administração.

Na última semana, enquanto visitava o Festival do Cambuci em Rio Grande da Serra, o Deputado Estadual Orlando Morando (PSDB) teria dito – em entrevista a um jornal da região – que “Rio Grande da Serra não é como a cidade vizinha, que trocou o prefeito e nada mais foi para a frente”.

A fala do político gerou revolta dentro da administração de Saulo, fato que levou o Secretário Adjunto de Comunicação, Thiago Quirino, a enviar um documento oficial pedindo esclarecimentos ao Deputado.

No documento, o Secretário Adjunto, que se mostra muito incomodado com as declarações de Morando, utiliza-se de dados para rebater a fala do Deputado, inclusive números de votos que Morando teria obtido na cidade:

“Apenas para recordá-lo, a cidade lhe concedeu, em último pleito, exatos 3.075 votos, o que representa 6,08% dos votos válidos.”.

E vai além:

“Cremos que esse ominoso discurso se deu por conta de sua ausência em nossas terras e, com isso, lhe rendeu carência de conhecimento a respeito de como os recursos públicos estão sendo investidos no município”.

Ainda no ofício, Quirino também afirmou que, atualmente, cerca de 30 milhões estão aplicados em obras executadas e que, devido a convênios firmados com a Caixa Econômica Federal, quase 100 milhões já foram conquistados para a cidade.

No documento, Thiago também afirma que moradores de Rio Grande da Serra utilizam os serviços de Ribeirão Pires, como creches, escolas de artes e esportes, hospitais e também desfrutam das festas e atrações turísticas da cidade.

O Deputado, incomodado com o ultimato, enviou ofício à Câmara Municipal da cidade solicitando esclarecimentos sobre o documento e também sobre a veracidade dos dados informados.

Após a Câmara receber o documento, o Vereador Gabriel Roncon (PR) enviou requerimento à Prefeitura da cidade, questionando diversos pontos sobre o ofício e se o adjunto estava autorizado a criá-lo. Além disso, uma cópia também foi encaminhada à Caixa Econômica Federal, com o intuito de averiguar a veracidade dos valores apresentados no documento.

Procurado pela nossa equipe, Orlando Morando, afirmou que a citação dele foi referente ao Festival do Chocolate, já que foi cancelado no primeiro ano do governo de Saulo, mas que, em Rio Grande da Serra, um evento similar (Festival do Cambuci) acontece há mais de dez anos.

O Deputado também afirma que não gostou do documento recebido e que o Secretário “deveria ter coisas mais importantes para fazer pela cidade”. Ainda na entrevista, Morando afirmou que é frequentador da cidade:

“Não só gosto como frequento a cidade e já mandei diversas emendas. O governo de Saulo é indiferente pra mim.”

– concluiu.

Até a publicação dessa matéria, a Secretaria de Comunicação da Prefeitura ainda não havia respondido nosso contato.

Atualização – 15:42

A Prefeitura de Ribeirão Pires, através da Secretaria de Comunicação, afirmou que trabalha no planejamento e execução de ações que garantem a divulgação e a transparência dos projetos desenvolvidos pela Administração. Alega que essas ações são direcionadas aos diferentes públicos da Prefeitura, como investidores, turistas, autoridades e servidores.

O texto também afirma que o documento foi emitido após pedido do próprio Prefeito da cidade, Saulo Benevides (PMDB), e que o conteúdo também foi, posteriormente, aprovado por ele:

“Trata-se de um simples documento solicitando ao senhor deputado maior responsabilidade na escolha das palavras, uma vez que as ações do governo de Ribeirão Pires não devem ser diminuídas por acaso de interesses e discursos políticos. Acho que o deputado, agora, está ciente de que Ribeirão Pires continua de portas abertas para suas ações parlamentares e a Secretaria de Comunicação se coloca a total disposição de colaborar na divulgação entre a imprensa regional de conquistas que o citado deputado, ou qualquer outro, direcionar à cidade.”

– afirmou o Secretário Adjunto de Comunicação, através da nota.