Foto: Rafael Ventura / DiárioRP.
Espaço será fechado para obras (Foto: Rafael Ventura / DiárioRP)

A angústia dos moradores de Ribeirão Pires pode ter chegado ao fim. Na tarde de ontem, 16, a Prefeitura revogou a proibição de acesso à Tenda Multicultural ao público da cidade.

Na semana passada, o Diário publicou a denúncia de que moradores da cidade estariam sendo impedidos de adentrar no espaço para a prática de esportes e lazer. A atitude gerou a revolta dos munícipes e o descontentamento de órgãos importantes:

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Ribeirão Pires afirmou que a atitude era ilegal, já que o espaço é uma área pública, e, portanto, não poderia ter o acesso de munícipes bloqueado. O Ministério Público, pelo mesmo motivo, também se incomodou com a atitude do Executivo e encaminhou um ofício cobrando esclarecimentos ao Prefeito Saulo Benevides.

Ontem, às 17h, numa reunião organizada na Câmara Municipal, moradores da cidade e autoridades tentaram chegar a um acordo para o impasse.

Secretário da Cultura (de laranja) se explica aos munícipes (foto: Rafael Ventura / DiárioRP).

Além dos munícipes, estiveram presentes o vice-presidente da OAB de Ribeirão Pires; o Secretário de Cultura (foto); e os vereadores Gabriel Roncon (PR), Eduardo Nogueira (SOL), Edson Savietto (PDT), Diva do Posto (PR), Berê do Posto (PMN), Gê do Aliança (SOL) e Renato Foresto (PT) – este último, por meio de assessoria. Embora esperados, o Secretário de Segurança Pública nem o Secretário de Assuntos Jurídicos compareceram.

Indagado, o Secretário de Cultura – Cassiano Filho – afirmou que a Prefeitura jamais proibiu o acesso, mas que, por conta de uma agressão sofrida por um Guarda Civil Municipal (GCM), a Secretaria de Segurança Pública intensificaria as patrulhas no local, a fim de evitar futuros incidentes. Este fato chegou a ser contestado por uma munícipe frequentadora do espaço, já que – segundo ela – famílias com crianças e praticantes de esportes estariam sendo obrigados a se retirar do recinto por policiais.

A tensão chegou ao fim quando Cassiano garantiu que não haverá novas proibições, e que a Tenda poderá ser usada normalmente, sem a necessidade de agendamento e autorização prévios. Alertou apenas, que, em breve, o espaço deverá ser fechado para obras de ampliação do Festival do Chocolate.

 

Para mais informações, curta a página do Diário de Ribeirão Pires no Facebook.