Por Rafael Ventura.

 

Criado em 2003 por membros da Associação Ribeirãopirense de Cidadãos Artistas (ARCA), com o intuito de levar alegria aos amantes do Carnaval, o bloco Maracatosco saiu ontem pelas ruas do centro de Ribeirão Pires pelo 13º ano consecutivo. Nem a chuva que caía foi capaz de parar os foliões, que dançaram e pularam ao som de diversas marchinhas, mesmo embaixo de chuva.

A concentração começou às 16h, em frente à Igreja Matriz. Com direito a churrasco gratuito e muita música, os foliões permaneceram lá até 19:30, quando a equipe de trânsito chegou e o grupo se preparou para sair.

Com cerca de 60 foliões, o bloco cruzou a linha de trem e caminhou pelas ruas do centro da cidade, até parar na Praça Central, onde, por volta das 21h, o grupo se dispersou.

Enquanto o bloco passava pelas ruas, diversos comerciantes e moradores acenavam em sinal de simpatia; outros, que não tinham medo da chuva, entraram na brincadeira e seguiram o bloco.

Engajados politicamente, ao passar pela Rua Domingos M. Morgado, o bloco aproveitou o momento para dizer palavras de protesto contra a venda da rua, que ocorreu em 2010, ainda na gestão de Clóvis Volpi.

Os foliões do bloco encerraram as festividades de Carnaval na cidade, que desde o dia 15 contou com algumas atrações na cidade.

Segundo a Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal, durante os quatro dias, as festividades ocorreram sem nenhum incidente.

Veja fotos e vídeos do bloco Maracatosco no último dia de carnaval: