Escola registra mais casos de furtos de chips

Publicidade

A Escola Estadual Professora Maria Pastana Menato registrou uma nova ocorrência de furtos de chips de internet ilimitada utilizados em tablets para a realização de atividades e provas. Este é o terceiro caso registrado na unidade de ensino, além de outros semelhantes que ocorreram em outras escolas.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, a representante informou que os tablets, fornecidos pela Secretaria de Educação do Estado, estão presentes nas atividades e provas realizadas no dia-a-dia. Do último mês até esta segunda-feira (13), notaram a ausência de 35 chips. Todos os casos foram registrados.

A representante informou que na unidade existem câmeras de segurança. Contudo, os equipamentos são utilizados por todos os alunos, desde o 1° Ano do Ensino Fundamental ao 3° do Colegial, o que impossibilita a identificação dos autores.

Por fim, a representante recebeu orientações sobre o bloqueio dos chips e o caso seguiu para o Setor de Investigação.