Familiares acusam GCM de agredir rapaz em RGS

Publicidade

Familiares de dois jovens gêmeos, de 19 anos, moradores de Rio Grande da Serra, denunciam a Guarda Civil Municipal de agredir e manter um dos rapazes em cárcere. O caso aconteceu na tarde deste domingo (12).

Um dos rapazes relatou que estava próximo a sua residência, quando notou uma viatura da Romu se aproximando e resolveu retornar para casa, uma vez que já havia sido abordado de forma agressiva dias atrás.

No entanto, após um período os agentes teriam ido até sua residência, entraram no local sem autorização, agredindo e detendo o irmão gêmeo do rapaz.

Já o irmão relatou que após ser detido, foi levado para próximo de uma represa, agredido e torturado fisicamente por integrantes da GCM. Depois, o levaram até um local ermo, próximo a área de Paranapiacaba, onde foi novamente agredido e só depois liberado. O jovem relata que conseguiu retornar para casa após conseguir uma carona.

A prefeita de Rio Grande da Serra, Penha Fumagalli, publicou um vídeo em suas redes sociais, ao lado do secretário de Segurança e demais integrantes, incluindo o comandante Rocha, afirmando que abrirá um processo administrativo para apurar a conduta dos agentes envolvidos na denúncia.

Por fim, após o registro da ocorrência na Delegacia de Ribeirão Pires, a vítima recebeu encaminhamento para realizar exame de corpo de delito. O caso continua sendo investigado.