Câmara aprova Dia Municipal de Conscientização da Apraxia de Fala na Infância

Publicidade

Nesta quinta-feira (09), a Câmara de Ribeirão Pires aprovou o projeto de lei do vereador Rato Teixeira (MDB) que institui no calendário da cidade o Dia Municipal da Conscientização da Apraxia da Fala na Infância. A pauta tem como objetivo dar mais visibilidade ao problema que pode ser confundido durante o diagnóstico.

O documento prevê parceria com instituições para o preparo de profissionais de educação em perceber sintomas de apraxia nos alunos, a fim de avisar os pais para que busquem o diagnóstico correto. A apraxia pode ser confundida com um tipo de sintoma em crianças com TEA não verbal devido a semelhança.

“A Apraxia de Fala na Infância é um tipo de transtorno que acomete a aprendizagem dos sons da fala. É considerada uma disfunção neurológica que atinge o planejamento e a programação das sequências de movimentos necessários para produzir a fala, pois o cérebro não envia os comandos adequados para os articuladores, dificultando a produção das palavras. Em resumo, é uma dificuldade nos aspectos motores da fala, que atinge uma ou duas a cada mil crianças. A maioria dessas crianças têm o raciocínio preservado, pensam o que querem comunicar, mas não conseguem converter esse pensamento em palavras. É como se a comunicação entre o cérebro e a boca fosse interrompida”, explica o documento.

A pauta seguiu para sanção do prefeito Guto Volpi (PL).