GCM adquire mais de 600 litros de água potável para enviar ao Rio Grande do Sul

Publicidade

Com a intenção de mandar auxílio aos moradores do Estado do Rio Grande do Sul, que estão sofrendo com falta de recursos básicos após tempestades inundarem centenas de municípios, integrantes da GCM (Guarda Civil Municipal) reuniram recursos e realizaram a compra de mais de 600 litros de água potável e também conseguiram 180 quilos de ração para cachorro.

A ideia surgiu da comandante da corporação, Neide de Souza, que disse ter ficado muito preocupada após ver as imagens que circulam pela internet e pelo noticiário desde que o Estado foi inundado. Ao compartilhar a angústia com seus colegas de farda, eles decidiram juntar forças e adquirir os insumos. Tanto a água como a ração foram levadas diretamente ao Fundo Social de Solidariedade de Ribeirão Pires.

“Não podia deixar de tentar auxiliar o povo de Rio Grande do Sul. Sei que poderíamos ajudar de alguma forma e então conversei com meus colegas sobre essa ideia, de comprar água e enviar a ração que tínhamos disponível para auxiliar as pessoas e animais que necessitam”, declarou a comandante, visivelmente emocionada. 

Ainda hoje, um caminhão levou os recursos doados pela GCM de Ribeirão Pires para a cidade São Paulo, de onde um outro veículo de grande porte viajaria com destino de Rio Grande do Sul para levar estes e demais mantimentos doados, também, por moradores da Estância, que se solidarizaram com o povo gaúcho. 

Desde o início da tragédia, Ribeirão Pires está reunindo reforços, junto a seus moradores, para arrecadar donativos às famílias atingidas pelas enchentes no Rio Grande do Sul. As doações devem ser entregues, das 8h às 17h, na sede do Fundo Social de Solidariedade, localizada à Avenida Francisco Monteiro, 2940, Santa Luzia. 

Além disso, desde a manhã desta quarta-feira (8), a Prefeitura de Ribeirão Pires lançou a iniciativa “Prefa Mobiliza RS”, que conscientiza o funcionário da municipalidade a contribuir de alguma forma para prestar auxílio ao Rio Grande do Sul. 

Os principais itens e que podem trazer alívio às famílias afetadas são: água potável, ração para pet (preferencialmente gato), medicamentos dentro do prazo de validade, itens de higiene pessoal, itens de limpeza e alimentos não perecíveis ou enlatados dentro do prazo de validade.