blank

O ex-prefeito de Ribeirão Pires, Kiko Teixeira (PSDB), que deixou a prefeitura na semana passada, saiu do cargo sem pagar as férias dos professores da rede municipal.

O pagamento era pra ser realizado no 5º dia útil de janeiro, quando já havia iniciado a nova gestão, comandada pelo novo prefeito da cidade, Clóvis Volpi (PL), mas a ordem de pagamento já deveria ter sido feita desde dezembro, o que não ocorreu.

O fato só foi descoberto pelos novos gestores após assumirem os cargos e serem questionados, pois não havia nenhuma ordem de pagamento, e agora prometem “se desdobrar” para conseguir honrar o prejuízo e realizar o pagamento aos professores até o dia 20 de janeiro.