blank

Clóvis Volpi (PL) e Amigão D’orto (PSB) foram empossados prefeito e vice-prefeito, respectivamente, na manhã desta sexta-feira (1). Além deles, os 17 vereadores eleitos também tomaram posse em sessão na Câmara Municipal da cidade.

Além da posse, uma segunda sessão foi realizada para eleger a mesa diretora da Câmara. Guto Volpi (PL), foi eleito para assumir a presidência da casa pelos próximos dois anos. Uma outra chapa, encabeçada por Márcia da coletiva de mulheres (PT) foi derrotada por Guto.

A chapa derrotada chamou atenção nos bastidores pela aliança com de Márcia com Koiti Takaki e Lau Almeida, ambos do PSDB. O questionamento nem foi por conta do partido, mas pelos dois homens terem feito parte da gestão de Kiko Teixeira (PSDB), que inclusive estava articulando votos a favor da chapa nos bastidores, e os diferentes discursos.

Segundo pessoas próximas, Kiko chegou a oferecer cargos na secretaria em que vai atuar em São Bernardo do Campo em troca de votos para a chapa de Koiti e Márcia. No entanto, com a falta de credibilidade do agora ex-prefeito da cidade, vereadores não deram ouvidos a Teixeira.

Kiko, inclusive chegou a trocar ofensas com um vereador de sua coligação quando soube que não teria os votos nem dos vereadores que fizeram parte de sua campanha política, como é o caso de Diogo Manera, Leandro Tetinha e Anderson Benevides, que votaram em Guto.