blank

O Prefeito de Ribeirão Pires, Kiko Teixeira (PSDB) mentiu durante discurso realizado na manhã deste sábado (24) que reuniu apoiadores partidários no centro da cidade e afrontou decisão do STF, que negou liminar e o manteve inelegível.

Durante seu discurso Kiko afirmou que não tem problemas jurídicos para disputar as eleições deste ano, o que é mentira já que a Lei da ficha limpa proíbe que condenados por tribunais colegiados disputem eleições. É o caso de Kiko, que foi condenado, depois de denúncia do Ministério Público, por fraudar licitação quando foi prefeito de Rio Grande da Serra.

Continua Após a Publicidade

Ainda durante o discurso, Teixeira minimizou sua condenação: “Eles querem anular minha candidatura de algo que aconteceu há dez anos atrás”, mas não nega que tenha cometido o crime.

Kiko tenta na justiça anular a condenação para tentar ser candidato, mas até o momento teve todos os recursos negados, no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e até mesmo no Supremo Tribunal Federal (STF). A Justiça eleitoral deve julgar a candidatura de Kiko até a próxima segunda-feira (26), ultimo dia para a decisão, de acordo com o calendário eleitoral.