Os vereadores de Ribeirão Pires vão entrar de férias a partir desta sexta-feira (26). O anúncio acontece em um momento que a cidade se encontra em Estado de calamidade por conta da pandemia do novo coronavírus e se aproxima dos 400 casos confirmados da doença e já ultrapassou as 30 mortes.

O vereador Amigão D’orto (PSB) protocolou desde o dia 5 de maio, um projeto de resolução que pede o adiamento do recesso. No entanto, ele não foi colocado em pauta pela presidência da casa. No início da pandemia, os legisladores ficaram cerca de dois meses sem realizar sessões, mas esse tempo não será descontado como férias.

Se aprovado o projeto do vereador Amigão, os vereadores só poderiam entrar em recesso depois que passasse o estado de calamidade pública no município. No entanto, o projeto sequer foi pautado em sessão.

Continua Após a Publicidade

O presidente da Câmara, Archeson Teixeira (PTB) foi procurado pela nossa equipe, mas não se manifestou até a publicação desta matéria.