A Prefeitura de Ribeirão Pires iniciou ações em alusão a Campanha do “Dezembro Vermelho”, que tem ações de conscientização sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis – ISTs/Aids. Durante todo o mês, equipes da Secretaria de Saúde realizarão palestras, orientações, distribuição de materiais informativos e testes para o diagnóstico em unidades da rede municipal, empresas e na Praça Central da cidade.

Para abrir a programação, nessa terça-feira (3), profissionais do Serviço de Atenção Especializada participalm do Dia “D” do Programa Saúde na Escola (PSE). Das 13h30 às 16h, a Praça Central sedia diversas ações de prevenção à doenças, entre elas as ISTs/Aids.

Até 6 de dezembro, a Prefeitura promoverá atividades na 12ª edição da Campanha Fique Sabendo – com testagem do HIV e da Sífilis gratuitas nas UBSs e USFs. Já no dia 8 de dezembro, realizará, das 16h às 21h, ação que marca o Dia Mundial de Luta Contra a AIDS, na Praça Central. A atividade será promovida em parceria com a ONG Barong e o Programa Estadual de IST/Aids. Serão ofertados testes rápidos de HIV, distribuição de kits de preservativos femininos e masculinos, gel e folhetos informativos.

Continua Após a Publicidade

Os casos de Aids e Sífilis crescem nos municípios paulistas. Somente este ano, já foram diagnosticados 39 novos casos de HIV/Aids em Ribeirão Pires, que estão sendo acompanhados pela equipe do Serviço de Atenção Especializada da Prefeitura.

Trabalho permanente de prevenção, testagem e tratamento:

O Programa IST/Aids/Hepatites Virais funciona no SAE – Serviço de Atenção Especializada/Ambulatório de Infectologia, das 8h às 17h. O CTA – Centro de Testagem e Acolhimento, que funciona no SAE, atende demanda espontânea para realização dos testes de HIV, Sífilis e Hepatites Virais. Para a realização dos exames, o usuário passa por uma entrevista com orientação das patologias e distribuição de preservativos, gel e folhetos.

O Ambulatório/SAE realiza assistência a todos os casos de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), Aids, Hepatites Virais, Tuberculose e Hanseníase. No local, portadores das doenças contam com atendimento de equipe multidisciplinar: médico infectologista, ginecologista, pediatra, dentista, psicóloga, enfermagem e assistente social.

Nos atendimentos estão inclusos realização de exames de rotina e especiais, orientações individuais e em grupo, tanto para o paciente, para parceiro/parceira e para o familiar, distribuição de insumos (medicações, preservativos masculino e feminino, gel lubrificante, entre outros).

Serviço de Atenção Especializada – Avenida Francisco Monteiro, 205 – Centro. Telefone: 4828-4441.