blank

A Prefeitura de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Saúde, trabalha para aprimorar os serviços prestados aos moradores. A partir desse ano, com a reestruturação da Central de Ambulância, o número de transportes de pacientes cresceu 56,6% – comparativo entre o primeiro e o terceiro trimestre do ano.

De janeiro a setembro, a Secretaria de Saúde efetuou 4,5 mil remoções de pacientes, transferências entre unidades hospitalares e transporte para agendas de consultas, exames ou procedimentos médicos. Foram 1.097 atendimentos entre janeiro e março número que subiu para 1718 entre julho e setembro.

Continua Após a Publicidade

A Central de Ambulâncias Municipal de Ribeirão Pires conta com oito veículos: seis ambulâncias, sendo uma delas UTI, e dois veículos adaptados para o transporte de pacientes com deficiência física (mobilidade). Os transportes são, em grande maioria, referentes aos agendamentos de pacientes para a realização de exames, consultas ou tratamento em unidades de referência fora de Ribeirão Pires.

Cerca de 10% do total de atendimentos referem-se ao transporte inter-hospilar (entre a UPA e o Hospital e Maternidade São Lucas, ou remoções de pacientes da cidade para outras unidades hospitalares – de urgência e emergência).

“Tivemos uma grande evolução nos atendimentos que estamos realizando nos últimos meses. Os novos veículos, a gestão da frota e o incentivo aos profissionais de nossa equipe estão sendo fundamentais nesse processo. Vamos trabalhar para aprimorar, a cada dia, a qualidade do serviço”, explicou Leandro Vieira Pinto, diretor da Divisão de Atenção à Urgência e Emergência.

Em maio desse ano, a Prefeitura entregou duas novas ambulâncias – modelo Renault Master para a rede municipal. Os veículos foram adquiridos por meio de recursos de emenda parlamentar, com contrapartida da Prefeitura para as ambulâncias. Em março, a rede também ganhou ambulância para remoções de baixa complexidade – um Peugeot Partner.

“Estamos honrando o compromisso de humanizar e modernizar a rede de saúde municipal. Esse é setor prioritário e, com o apoio de lideranças e instituições renomadas, estamos avançando, contemplando centenas de moradores em toda a cidade. Os investimentos compreendem a ampliação da frota de veículos, a modernização dos equipamentos e unidades, bem como o fortalecimento dos serviços prestados, sempre prezando pelo bem-estar dos pacientes e a qualidade do atendimento”, declarou o prefeito de Ribeirão Pires, Adler Teixeira – Kiko.

Para a compra das ambulâncias Renault Master – já equipadas, foram destinados R$ 286 mil, sendo R$ 220 mil de emendas parlamentares dos deputados estaduais Luiz Turco e Luiz Fernando, e R$ 66 mil do município.

A aquisição da Peugeot Partner – uma ambulância tipo A (para simples remoção) se deu por meio de adesão do município a programa estabelecido pela Portaria do Ministério da Saúde nº 3.388, de dezembro de 2017, que garantiu repasse de R$ 80 mil à Prefeitura para a finalidade. Com isso, veículos de maior porte serão reservados para casos prioritários – atendimentos de urgência ou remoções inter-hospitalares.