Um bebê de um mês de idade morreu no carro dos pais no último sábado (2). O caso ocorreu no estacionamento de uma loja, no centro da cidade.

Segundo o boletim de ocorrência, a criança estava no banco de trás do carro dos pais, quando os mesmos foram a uma loja de colchões situada no centro da cidade. Ainda segundo a ocorrência, os genitores adentraram na loja, deixando o carro com a criança no estacionamento interno do comércio. Contudo, a janela do veículo ficou aberta para a circulação de ar para o bebê e os pais tinham vista para o estabelecimento. Como consta no B.O, os pais ficaram dentro da loja por cinco minutos e, ao voltar para o carro, encontraram o menino desfalecido. Numa tentativa de reanimar a criança, o pai fez massagem cardíaca e respiração boca a boca, porém sem sucesso. A criança foi declarada morta ao chegar no Hospital São Lucas.

A principal suspeita é que a criança tenha sofrido um engasgo ou um mal súbito sem causa determinante. O veículo do casal ficou no estacionamento da loja, onde passou por uma perícia. Segundo a ocorrência, ao que tudo indica, o caso foi uma fatalidade, já que o carro estava em um estacionamento seguro e coberto, com as janelas abertas, tendo os pais total visão da criança e ficando por apenas cinco minutos no interior do estabelecimento, o que foi confirmado pelo atendente do comércio.