A Guarda Civil Municipal juntamente com a vigilância sanitária, fecharam um frigorífico clandestino nesta quarta-feira (13), na vila Nova.

Após denúncias, a GCM foi até o local e verificou que havia uma fabricação de embutidos (linguiça) sem a mínima condição de higiene e com armazenamento precário. Segundo informações, o cheiro era tão forte que lembrava o cheiro de cadáveres. Ainda segundo informações, os produtos fabricados eram vendidos nos açougues do município.

Foto: Reprodução

A vigilância sanitária foi até a casa e autuou o proprietário, que foi preso em flagrante juntamente com outros três funcionários pelo crime contra as relações de consumo. O local ainda passará por uma perícia.