Em menos de uma semana, três crianças foram vítimas de abusos sexuais em Ribeirão Pires.

O primeiro caso, ocorrido no dia 28, a criança de apenas um ano teria sido violentada enquanto estava aos cuidados de um homem, apontado pela mãe da vítima como desconhecido. Segundo o Boletim de Ocorrência, a mãe estava fora de casa no momento do abuso. Representante do Conselho Tutelar e a responsável compareceram ao Distrito Policial, notificando os fatos. A mãe ao dar banho na criança, constatou um sangramento nas partes íntimas. No Hospital São Lucas, após exames preliminares, foi apontada a possibilidade de estupro consumado. A Polícia Civil requisitou exame de corpo de delito, e o inquérito foi instaurado.

Já o segundo caso, aconteceu no último domingo (2). A vítima estava brincando na igreja com um colega. No momento em que ficou sozinho, um adolescente pediu para que a criança de quatro anos colocasse a boca em seu órgão genital. A representante informou que a vítima não relatou mais nada sobre o ocorrido. Foi realizado exame sexológico na criança. O caso foi encaminhado à Vara da Infância e da Juventude.

No terceiro caso, que ocorreu na última terça-feira (5), a vítima teria sido molestada sexualmente por um amigo da família e patrocinador. Segundo o Boletim de Ocorrência, esclarece a vítima que o investigado estacionava o veículo no local utilizado para retorno no fim da rua em que a criança reside, e molestava no interior do carro. Foi requisitado por cautela, exame de corpo de delito para vítima.