Wellington Ferreira Silva Gomes, 34, foi assassinado na manhã da última segunda-feira (19), com 17 tiros em frente à sua casa no Parque das Américas, em Mauá. Ele estava saindo de moto para trabalhar por volta das 5h da manhã, quando foi surpreendido por dois bandidos. Wellington estava a caminho de Santo André, onde trabalhava como segurança em um rede de supermercados, próximo ao Hospital Estadual Mário Covas.

Segundo a Polícia Civil, assim que abriu o portão, o segurança foi surpreendido pela dupla que, ao vê-lo, começou a atirar. Ele ainda chegou a entrar na sua casa na tentativa de se proteger, porém foi seguido pelos indivíduos que executaram ele em seu próprio quarto.

O pai da vítima, Jonas Gomes, 59, que estava no quarto ao lado, chegou a tentar ajudar o filho, mas também foi alvejado. Ex-funcionário da Prefeitura, ele foi socorrido e levado ao Hospital de Clínicas Radamés Nardini, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo testemunhas, nada foi levado pelos bandidos.

O caso foi registrado na 1ºDP de Mauá, onde a polícia segue investigando o caso.