Na última semana, o DiárioRP havia alertado sobre a “temporada” de golpes na cidade e na região. Golpes visando pessoas idosas e aposentados são mais comuns nessa época do ano. Com isso, todo cuidado é pouco na hora de ir às agências bancárias. No último sábado (10), uma mulher de 75 anos e um homem de 69 anos, foram vítimas de um golpe, na agência bancária do Banco do Brasil, na rua Miguel Prisco. O intervalo entre os golpes foi de 14 minutos.

O primeiro caso aconteceu às 09:45, quando a vítima foi retirar um extrato no caixa eletrônico, um indivíduo se aproximou e se apresentou como funcionário. Segundo o aposentado, o homem havia dito que a máquina não teria feito a operação certa e que era para ele inserir o cartão novamente. com a utilização da biometria. A vítima afirmou não ter sacado nenhuma quantia em dinheiro, contudo, após retirar outro extrato horas depois, viu que o “suposto” funcionário havia sacado R$ 4 mil.

O segundo caso ocorreu às 09:59, quando uma segunda vítima foi realizar um saque em um dos caixas eletrônicos da agência, e outro indivíduo se aproximou e disse que o equipamento não estava funcionando e que era para ela se dirigir a outro caixa. Quando a vítima foi realizar o saque, viu que seu saldo era insuficiente e que o indivíduo havia sacado uma quantia R$ 2,3 mil de sua conta.

Pela descrição das vítimas, os suspeitos são duas pessoas diferentes, o que pode caracterizar uma quadrilha especializada neste tipo de golpe. A polícia investiga o caso.