Professores e gestores da rede municipal de Ensino de Ribeirão Pires estão selecionando as obras literárias que serão utilizadas com os alunos em 2019. A seleção faz parte do Programa Nacional do Livro e Material Didático (PNLD) 2019. Nesta etapa, os professores analisam as obras, especialmente orientados pela Base Nacional Comum Curricular, com o apoio do Núcleo Pedagógico da Secretaria de Educação (SEDUC).

O PNLD é uma política pública executada pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e pelo Ministério da Educação, destinado a avaliar e a disponibilizar obras didáticas, pedagógicas e literárias de forma sistemática, regular e gratuita as escolas públicas.

Em Ribeirão Pires, as 33 escolas municipais participam do programa desde educação infantil até os anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º ano). O prazo para cadastramento termina no próximo dia 31 de outubro. Cerca de 6 mil alunos serão contemplados com as obras.

De acordo com a secretária de Educação de Ribeirão Pires, Flávia Banwart, os gestores devem se basear no Guia PNLD 2019, que está disponível no site do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). “Além das orientações da equipe da SEDUC, no manual estão disponíveis as obras, além de informações sobre o processo de cadastramento. O importante é também escolher as obras literárias de acordo com a realidade escolar”, explicou.

Os materiais adquiridos vão diretamente aos gestores das escolas públicas participantes do Programa.