A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires divulgou na última semana o balanço da 12ª edição do Festival do Chocolate da cidade. Durante três finais de semana – entre os dias 20 de julho e 5 de agosto – passaram pelo Complexo Ayrton Senna, que sediou o evento, cerca de 112 mil pessoas. O público aproveitou as atrações gastronômicas e de artesanato em mais de 40 chalés, movimentando, dentro da festa, cerca de R$ 2,8 milhões.

A estimativa de movimentação financeira considerou o ticket médio de consumo de R$ 25 por pessoa na festa. Ao considerar o comércio e serviços no entorno do Complexo Ayrton Senna, a exemplo de estacionamentos, o ticket de consumo per capta estimado sobe para R$ 35, totalizando R$ 3,9 milhões.

“O Festival do Chocolate cumpre importante papel econômico e de estímulo à atividade turística. Tivemos durante todo o evento o consumo de produtos feitos por pessoas da cidade e da região, além da geração de empregos diretos e indiretos para a festa. Em mais uma edição, o Festival aqueceu o comércio, movimentou a cidade e contribuiu para a divulgação dos potenciais de nossa Estância”, avaliou o secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico da cidade, César Ferreira.

Um dos mais tradicionais produtos do evento, o estronogofe de chocolate, repetiu a receita de sucesso. Nessa edição, foram quase 2.300 unidades comercializadas no chalé de Luciano Timóteo da Silva. O chocolateiro, que participa da festa desde a 4º edição, gerou 7 vagas de emprego temporárias. “Tivemos um retorno financeiro de cerca de 40% sobre o valor total de investimento, incluindo locação e funcionários”, pontuou.

Na área de artesanato, Elza Farias do Santos comemorou o bom resultado de vendas no chalé de peças de roupas para pets. A comerciante, que atua desde a primeira edição do Festival, avaliou positivamente a estrutura e suporte da organização, bem como o movimento de visitantes. “Nunca vendi tanto num Festival do Chocolate como neste ano. Contabilizamos, por alto, mais de 1.500 peças vendidas. Inclusive, o evento me rendeu encomendas fora da cidade. Tenho muito que agradecer à Prefeitura”, disse.

O chalé do Fundo Social de Solidariedade do município também foi destaque na festa. O espaço disponibilizou produtos confeccionados por 36 artesãos da cidade, entre eles souvenirs do Festival do Chocolate como ímãs e canecas, além de guarda-chuvas e nécessaires.

As peças disponíveis no chalé do Fundo Social de Solidariedade de Ribeirão Pires são produzidas pelos artesãos da Galeria das Artes (Av. Francisco Monteiro, 2.940 – Santa Luzia), espaço destinado à comercialização de produtos artesanais e capacitação profissional. O espaço, que foi inaugurado em dezembro do ano passado, é cedido para exposição dos produtos. A contrapartida ao Fundo Social é a destinação de 20% do valor das vendas para as ações da entidade.

Evento contabiliza 93 toneladas de alimentos arrecadados – O 12º Festival do Chocolate de Ribeirão Pires promoveu a arrecadação de 93 toneladas de alimentos. A edição deste ano manteve o caráter social da festa através da troca do ingresso para curtir todo o evento por 1 kg de alimento não-perecível. Lembrando que, no período do Festival, mais de 111 mil pessoas circularam pelo evento, tendo em vista que, aos sábados e domingos, os portões foram abertos ao público nos horários de almoço, sem obrigatoriedade de ingresso (cerca de 7 horas por final de semana – 20% do público total).

“O 12º Festival do Chocolate superou qualquer expectativa, mostrando que, após sua retomada em 2017, a festa está consolidada e tem potencial para atrair visitantes à cidade, movimentando a economia local e fomentando a atividade turística em nossa Estância. O caráter social do evento somado à organização e ao ambiente seguro e familiar foi ponto chave para atingirmos esse resultado em arrecadação. Os alimentos trocados por ingressos ao Festival contribuirão com milhares de pessoas em Ribeirão”, avaliou o prefeito Adler Teixeira – Kiko.

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires, por meio do Fundo Social de Solidariedade, inicia, na próxima quinta-feira, 16 de agosto, a partir das 9 horas, no Anfiteatro Arquimedes Ribeiro, a entrega simbólica dos alimentos arrecadados no Festival. Serão beneficiadas cerca de 100 entidades sociais, religiosas e associações de bairro que prestam atendimento no município. Os alimentos foram trocados por ingressos pelos visitantes do Festival do Chocolate em 11 pontos de troca de ingressos, tanto em Ribeirão Pires quanto em Santo André.