Kiko anuncia revitalização da Fábrica de Sal

Na última quinta-feira (12), o prefeito de Ribeirão Pires e representantes do SESI apresentaram aos vereadores da cidade uma proposta de restauração da antiga Fábrica de Sal, localizada na região central da cidade, e construção de uma nova unidade do SESI. Por meio de parceria com a instituição, que é ligada a FIESP, o município garantirá recursos para o restauro do edifício, que no início deste ano foi tombado como patrimônio cultural do Estado pelo Condephaat, e também para viabilizar a construção da nova escola do SESI. 

Continua após a publicidade.

“Com isso, a preocupação com possível encerramento das atividades da unidade ribeirão-pirense seria solucionada, bem como teremos condições para resgatar um dos mais belos cartões postais de nossa Estância, que é a Fábrica de Sal” destaca o Prefeito Kiko.

Depois do processo de regularização de documentos, da elaboração de estudos de viabilidade por técnicos do SESI, inclusive com acompanhamento de especialistas do Condephaat, o próximo passo será a apreciação de projeto pelo Legislativo Municipal.

“Esta é uma grande oportunidade para a preservação do patrimônio histórico não apenas de Ribeirão Pires, mas como de todo o ABC Paulista, e um importante passo para a manutenção e ampliação das atividades do SESI em nosso município. É tempo de preservação da nossa história” finaliza Kiko.

A proposta apresentada nesta quinta-feira também é alternativa para a solução de antiga preocupação dos moradores, que há anos acompanham a possibilidade do encerramento das atividades do SESI em Ribeirão Pires. A unidade está instalada em espaço que sofre com o risco de deslizamento de terra, caso que levou a sua interdição em 2010. O SESI atende mais de 700 crianças da cidade e indica, além de questões de segurança, a necessidade de modernização e ampliação de sua estrutura educacional, contemplando as diretrizes de ensino da instituição, para permanência no município.

 

Notícias relacionadas