Após ter problemas com a justiça, Jhol Jhol critica jornalistas

Foto: Rafael Ventura/DiárioRP

Na última quarta-feira (6), a sessão da Câmara Municipal de Rio Grande da Serra teve como destaque, o desconforto do vereador Jonathan Amora de Rago (PSD), popularmente conhecido como Jhol Jhol. Ao justificar seu voto em relação ao projeto que institui o dia do jornalista e dos Profissionais da Imprensa na cidade, o parlamentar deixou claro seu incômodo com a Imprensa em expor problemas que o parlamentar teve com a justiça. Em sua fala, o vereador chegou a induzir que jornalistas teriam posicionamentos políticos e por isso estariam o “criticando”.

Continua após a publicidade.

Jhonatan já se envolveu em pelo menos duas polêmicas com a justiça somente neste ano. Em Fevereiro, foi acusado pela sua esposa de agressão. Ela chegou a ir até a delegacia de Polícia e elaborar um Boletim de Ocorrência contra o parlamentar, mas depois que a situação veio à tona pela imprensa, usou as redes sociais para desmentir os jornalistas e afirmar que o marido era vítima de “perseguição política”. Já em abril, o vereador de Rio Grande da Serra se tornou réu em um processo criminal, acusado do crime de receptação (quando se compra produtos roubados). O crime teria ocorrido em agosto de 2013. Na época, Jhonathan foi pego em flagrante dirigindo um veículo roubado e foi encaminhado até a Delegacia da Polícia Civil de Ribeirão Pires, onde recebeu voz de prisão.

Notícias relacionadas