Noite mais fria do ano é marcada por ato de solidariedade em RP

Ato solidário marca noite mais fria do ano. (Foto: Leonardo Constantino/DiáriorRP)

Nesta última segunda-feira (21), mais precisamente na madrugada, foi registrada a temperatura mais baixa do ano na região de São Paulo. Em certo momento, os termômetros marcavam -2º graus celsius. Com isso, muitos moradores de rua, pessoas menos favorecidas e até mesmo cães sofrem com o clima.

Continua após a publicidade.

No entanto, uma ato de solidariedade foi observado pelos munícipes que retornavam para as suas casas na parte da noite. Perto da estação de trem da cidade, próximo também à rodoviária e o PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) pôde ser notado um tipo de mural. Os dizeres: “Cabide Solidário, usem o bom senso, pegue o que precisa e deixe o cabide”.

Este mural marcou a noite mais fria da cidade nesse ano, onde dois moradores de rua, em São Paulo, chegaram a falecer por conta do frio. Em conversa com pessoas que por ali transitavam, ninguém soube responder quem havia criado ou tido a ideia do mural de roupas.

“É até melhor assim [quando ninguém sabe quem criou]. A pessoa que o fez tem um coração bom e nós vamos ajudar sempre que pudermos. Espero que as outras pessoas se solidarizem também!”

– Disse uma munícipe enquanto aguardava seu ônibus.

Aos que quiserem ajudar, o mural continua no mesmo local. Aos que quiserem pegar alguma das peças que são oferecidas como: tênis, blusa, cobertores pequenos e roupas em bom estado, deve fazê-lo, mas deixar alguma coisa no lugar, para que nenhum dos que necessitam fiquem sem e todos tenham a oportunidade de se esquentar nessa massa gelada que vem por aí.