blank

Os 17 vereadores de Ribeirão Pires aprovaram a revogação de uma lei que doou um terreno para a Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo. No local, seriam construídas moradias para policiais militares em parceria com o Programas sociais do Governo, como o ‘Minha casa, Minha vida’.

A lei, criada em 2015 pelo então prefeito Saulo Benevides (PMDB), contia algumas possíveis irregularidades e não poderia ter sido aprovada na época. Motivo que fez o executivo solicitar a revogação. Durante seu exercício, o vereador Sargento Alan (PSB) já havia solicitado adiamento da pauta, para tentar entender mais o caso, no entanto, o projeto de lei voltou à pauta da Câmara na sessão da última quinta-feira (31) e foi aprovado pelos 17 vereadores presentes.

Com isso, a doação foi revogada e o terreno volta a ser propriedade da Prefeitura Municipal.