blank

O vereador Edson Savietto, o ‘’Banha’’ (PPS), teve suas contas consideradas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). O processo é referente a época em que o vereador estava no exercício de presidente da câmara de Ribeirão Pires, em 2013.

Pela decisão, o político pode ficar inelegível para próximas eleições. No entanto, como o processo ainda não transita em julgado, cabe recurso em estâncias superiores. O procedimento deve seguir as leis impostas pela constituição federal, abrindo espaço para uma segunda defesa do vereador, que vê sua candidatura para a eleição seguinte ameaçada.

No relatório foram apontados diversas irregularidades pelo tribunal, como a não realização de licitações e a contratação de empresas externas para realizar o mesmo serviço de pessoas já contratadas pela Câmara.

Nossa redação tentou contato com o gabinete do vereador, porém até o fechamento desta reportagem não obtivemos nenhuma resposta.