Esse ano no 11° Festival do Chocolate, diversos recursos estão disponíveis para pessoas idosas, com deficiência física, mobilidade reduzida e gestantes. Uma tenda de acessibilidade e informações foi colocada no evento onde estão disponíveis professoras que falam em libras para auxiliar deficientes auditivos, além de outros profissionais dispostos a ajudar.

\"CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE\"

Um recurso também presente é o cardápio em BRAILLE disponibilizado em todas as barracas para atendimento ao público com deficiência visual. Uma área preferencial também foi reservada em frente ao palco.

A equipe do Diário de Ribeirão Pires entrou em contato com a Giovanna, que é adjunta da Secretaria de Participação, acessibilidade e Inclusão Social, que afirma estar tendo ótimos resultados. “A equipe toda trabalha com o coração, tivemos todo o cuidado de saber as pessoas que vinham trabalhar no festival, para fazer o treinamento e fazer com que ela tenha todas as informações necessárias para lidar com a inclusão no evento”, completou.