O Tribunal Superior Eleitoral está fechando o cerco contra candidatos que praticam atos irregulares durante as campanhas das Eleições Municipais. Agora, o eleitor que observar algum político agindo de maneira irregular, ele pode tirar uma foto e enviar ao Tribunal Superior de Justiça.

O aplicativo “Pardal”, funciona da seguinte maneira. Um cidadão viu algum candidato fazendo campanha de maneira irregular, distribuindo brindes, anúncios maiores do que o permitido, vídeos e áudios podem ser enviados ao TSE pelo app. O novo programa ainda tem a opção de o eleitor selecionar a cidade e o estado em que ocorreram as irregularides.

O “Pardal” está disponível para iOS e Android e pode ser baixado gratuitamente.