Cleson não teria entregado todos os documentos ao Cartório Eleitoral. Foto: Ygor Andrade/ Diário RP
Cleson não teria entregado todos os documentos ao Cartório Eleitoral. Foto: Ygor Andrade/ Diário RP

Depois de dois dias tentando contato com o vereador e pré-candidato a Prefeito de Rio Grande da Serra, Cleson Alves do PMB, o parlamentar entrou em contato com o Diário de Ribeirão Pires e esclareceu a polêmica sobre não ter registrado o pedido de sua candidatura.

Segundo Alves, um representante do Partido da Mulher Brasileira seria o responsável por realizar o registro, que já deveria ter sido feito, segundo o vereador, há semanas.

“Sempre que o questionávamos ele nos dizia que estava tudo certo, mas não foi isso que aconteceu; ele nos enganou pois tinha interesses políticos particulares, de que nos juntássemos ou candidatura de Edvaldo Guerra (PMDB), que inclusive nos procurou, juntamente com o prefeito de Ribeirão Pires, Saulo Benevides, para nos propor a aliança. É claro que recusei, e isso deve tê-lo enfurecido a ponto de ter feito isso”.

 – Enfatizou Cleson.

Cleson não quis dizer o nome do representante, mas em contato com membros do PMB de Rio Grande da Serra, descobrimos que o responsável pela realização da homologação, era Crisanto Araújo, presidente do Partido, o qual tentamos contatar, mas até a publicação desta matéria não foi encontrado.

Há duas semanas, o Diário de Ribeirão Pires noticiou que uma reunião entre as partes citadas poderia ter acontecido, negado tanto por Guerra como por Benevides.

Em contato com o candidato peemedebista, Edvaldo Guerra, o Diário ouviu negativas sobre o assunto. Guerra disse que, “mesmo que as peças se encaixem”, não existe verdade nas afirmações.

“É pura coincidência. Não existe verdade no que você está me dizendo. Nunca nos reunimos. Pelo contrário, defendo que existam mais candidaturas na cidade”.

 – Ressaltou Guerra.

Na manhã desta sexta-feira, (19), se valendo valer de uma prerrogativa no artigo 11º da Lei 9.504, a Lei das Eleições, Cleson Alves protocolará seu pedido de candidatura no Cartório Eleitoral de Ribeirão Pires.

Sobre as ações de Crisanto, classificadas por Cleson como sabotagem, ele apenas disse que “já encaminhou o ocorrido ao Partido, que ciente, sinalizou que tomará as medidas necessárias”.