Foto: Rafael Ventura/DiárioRP
O Teleférico é o principal projeto turístico da cidade. (Foto: Diário de Ribeirão Pires)

Na tarde de hoje, um boato circulou pelas redes sociais afirmando que Ribeirão Pires teria perdido o título de Estância Turística. A informação causou revolta em parte da população da cidade.

\"CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE\"

Entretanto, a informação foi desmentida pelo Departamento Estadual de Apoio às Estâncias. O órgão afirmou que a cidade apresenta projetos turístico e que, atualmente, não existe a possibilidade de Ribeirão Pires deixar de ser uma cidade com cunho turístico.

O DADE ainda informou que está em fase de aprovação uma lei que mudará o processo para determinar os títulos de Estância Turística. Além das mais de 70 estâncias já existentes em São Paulo, 140 municípios irão realizar um cadastro para entrar na categoria de “cidades de interesse turístico”, para isso, precisarão apresentar uma série de documentos e serem avaliados antes de serem nomeados. O órgão explicou ao DiárioRP como vai funcionar a proposta.

“O Poder Executivo deverá encaminhar à Assembleia Legislativa, a cada três anos, projeto de Lei Revisional dos Municípios Turísticos, o ranqueamento das Estâncias Turísticas e dos Municípios de Interesse Turístico. Por isso até três Estâncias Turísticas que obtiverem menor pontuação no ranqueamento trianual poderão passar a ser classificadas como Municípios de Interesse Turístico. E, por sua vez, poderão ser classificados como Estância Turística os Municípios de Interesse Turístico melhor ranqueados que obtiverem pontuação superior à das Estâncias Turísticas.”

– Esclareceu.

Em contato com o Secretário de Comunicação, Thiago Quirino, ele rechaçou a hipótese de Ribeirão Pires deixar de ser um pólo turístico e criticou boateiros:

Não existe esta possibilidade. Ribeirão Pires vai continuar sendo uma Estância Turística. Inclusive, em conversa com o Secretário de Turismo do Estado, ele disse que o Teleférico é o principal projeto turístico do Estado. A gente lamenta que pessoas com má índole estejam usando de má informação para confundir as pessoas nas redes sociais.”

– Disse Quirino.