blank
PRAÇA
Diversas regiões estão sem iluminação pública (Foto: Ricardo Ribeiro/DiárioRP)

Na última segunda-feira (30), a Câmara dos Vereadores de Ribeirão Pires aprovou o aumento da taxa de iluminação pública. A medida foi aprovada por ampla maioria dos parlamentares da casa.

O imposto foi reajustado acima da inflação. De acordo com a Prefeitura, o custo anual para manutenção da iluminação da cidade, em 2016, vai ser de R$ 11.280.000,00 contra de R$ 10.000.000,00 deste ano, um aumento de aproximadamente 11,2%.

Com o acréscimo, os comércios da cidade que pagavam R$ 33,04 passam a pagar R$ 35,35 mensalmente, a partir do ano que vem. As indústrias que desembolsavam R$ 66,42 reais vão pagar R$ 76,38 por mês. Em média, o reajuste da taxa é de aproximadamente 6,9% para residências e estabelecimentos comerciadas e de 14,9% para empresas.

O reajuste vem em um momento de crise financeira do país. Porém, como o Diário de Ribeirão Pires já denunciou, a manutenção da iluminação pública da cidade passa por sérios problemas. Várias ruas em toda a cidade estão sem luz, algumas vias estão há quase um mês sem luz.

 

Atualização – 07/12/2015 – 19:07

Erramos!

Na matéria constava que a lei foi aprovada por todos os vereadores. Erro nosso! Na verdade,  o aumento foi aprovado por ampla maioria da Câmara, mas os vereadores Renato Foresto (PT), Diva do Posto (PR) Flávio Gomes (PPS) e Silvino de Castro (PRB) votaram contra. O erro já foi corrigido.