No último domingo (08), uma moradora de Ribeirão Pires foi agredida pelo marido. Os dois começaram a discutir após o agressor ter chegado em casa embriagado. A vítima recebeu socos na cabeça e também foi sufocada. Essa cena se repete todos os dias, infelizmente.

\"CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE\"

De acordo com a ONU, 7 em cada 10 mulheres no mundo inteiro já foram ou serão agredidas em algum momento da vida, e segundo a OMS, 35% dos assassinatos de mulheres são cometidos por um parceiro íntimo.

Por conta da violência que as mulheres sofrem todos os dias, a Vereadora Cléo Meira (PTN), quer trazer a Delegacia da Mulher para Ribeirão Pires. “Eu estive com o Dr. Mágina Alves Filho, Secretário Adjunto de Segurança Pública do Estado de São Paulo, para tratar da instalação da Delegacia da Mulher. Nós tratamos do desarquivamento deste processo, em 2016 a cidade terá um local para atender as mulheres que sofrem qualquer tipo de agressão”, disse.

Ela ainda ressaltou que a violência contra o sexo feminino vai além da agressão física e sexual, muitas sofrem com abalos psicológicos constantemente e acreditam que são as culpadas por terem apanhado ou assediadas sexualmente.

A DDM que deve ser construída na cidade também atenderá às mulheres de Rio Grande da Serra e crianças que sofrerem abusos, além de dar todo o apoio necessário às vítimas. É importante ressaltar que é de extrema importância que as todas as pessoas do sexo feminino não devem ter medo e denunciar qualquer tipo de agressão.