Por Rafael Ventura

 

Poça de esgoto formada (foto Rafael Ventura)
Poça de esgoto formada no local (foto: Rafael Ventura/ Diário Ribeirao Pires)

Quem está acostumado a percorrer a região da Avenida Prefeito Valdírio Prisco (antiga Avenida Brasil), seja para praticar esportes ou apenas de passagem, deparou-se com uma cena inusitada nos últimos dias: um cano rompido está provocando, literalmente, uma cachoeira de esgoto para quem passa pelo local, ou para aqueles que tentam usar a academia ao ar livre.

Moradores da região afirmam que o cano está deste jeito pelo menos há três dias, e, segundo eles, esta não é a primeira vez que isso acontece:

“Da última vez só enrolaram uma fita e foram embora. Agora, está vazando de novo no mesmo lugar!”. – disse um morador.

No cano danificado, que passa por cima do riacho, que corta o centro da cidade, é possível ver uma espécia de fita adesiva prateada – amplamente usada por skatistas para consertos rápidos – enrolada no cano, onde, segundo moradores, seria o conserto do antigo vazamento.

Até a publicação dessa matéria, nem a Prefeitura e nem a SABESP haviam respondido nossos contatos.

 

Atualização – 15:00

 

Em resposta à nossa publicação, a SABESP encaminhou a seguinte nota:

“Em atenção à solicitação deste jornal, esclarecemos que se trata de vazamento em equipamento que conduz os esgotos da região do ABC para tratamento na Estação de Tratamento de Esgoto – ETE ABC.

O conserto do equipamento foi programado para esta data e os serviços deverão ser concluídos até o final da tarde.

Pedimos desculpas pelos transtornos ocasionados e nos colocamos a disposição para quaisquer outros esclarecimentos.”.