Por Rafael Ventura

Uma tentativa de assalto no estacionamento de um supermercado, na região central da cidade, acabou em tragédia. Segundo relatos, dois homens teriam abordado a vítima, que acabara de sair do estabelecimento comercial, e pediram por bolsa, objetos de valor, e até que a vítima ensinasse-os a dirigir o carro, um Honda Civic prata.

O assaltante que saiu com o veículo, ao ser interceptado por uma Guarda Municipal, iniciou uma troca de tiros e foi alvejado, batendo o veículo num ônibus, em diversos outros veículos, e num poste logo em seguida. A batida foi tão forte, que destruiu a frente do carro e entortou o poste, além de resultar na morte do rapaz, que aparentava ter aproximadamente 25 anos.

De acordo com o marido da vítima, ela se encontra em estado de choque e precisou tomar medicamentos para se acalmar:

“Meu sentimento é de total insegurança. Meu filho morou três anos na Austrália e eu até o perguntei por que ele voltou”, desabafou.

Durante o confronto, vários outros veículos também foram atingidos, e, segundo informações preliminares, uma pessoa teria sido atropelada.

 

17:30 – Atualização

Segundo o delegado Sérgio Francisco Santos, responsável pelo caso, uma moto foi apreendida apenas para perícia, pois os assaltantes bateram contra ela, durante a fuga. Dentro do carro, foi encontrado um simulacro. O assaltante alvejado ainda não foi reconhecido; já o outro, fugiu.

 

Ataque do PCC

A ocorrência gerou um boato nas redes sociais de que se tratava de um primeiro ato da facção pela região, e que um toque de recolher seria imposto na cidade, o que foi desmentido pelo Investigador Chefe da Polícia Civil, Edson Barbosa, que também garantiu que a população pode ficar tranquila.

 

Vídeo

Um vídeo do momento do tiroteio está circulando na internet, em que é possível ver um policial à paisana, durante a troca de tiros: