Por Rafael Ventura

 

Rua onde deveria acontecer o ato: Asfaltada e vazia.
Rua onde deveria acontecer o ato: Asfaltada e vazia.

A vontade de mudança e o desagrado com a atual gestão municipal não foram o bastante para tirar os munícipes da cama em pleno domingo de manhã. O protesto que foi convocado pela internet e estava marcado para acontecer hoje na rua em que o Prefeito Saulo Benevides mora, ficou para depois, já que nenhum dos 76 confirmados e os mais de mil convidados compareceram.

De acordo com Ednilson Araújo, idealizador e o único a comparecer, o boato de que ocorreria forte repressão policial e o feriado prolongado podem ter sido o que desencadeou o fracasso do ato, que ele garante que será remarcado:

“Mas dessa vez vou conversar com um por um e ver quem realmente vai”, informou Araújo à reportagem, garantindo que não desistiria.

O ato, que foi marcado pela internet, teve como estopim  o asfaltamento da Rua Diamantino de Oliveira, onde supostamente reside o prefeito, enquanto vários outros lugares da cidade estão em péssimo estado, o que gerou revolta dos internautas nas redes sociais, mas pelo jeito a revolta não foi o bastante para perder um domingo de sono.