Até o fim desta quarta-feira (20), 210 profissionais da Saúde de Ribeirão Pires tinham sido vacinados contra a Covid-19. Os profissionais que receberam a primeira dose nesta primeira fase são funcionários da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Santa Luzia, do Hospital de Campanha de Ribeirão Pires e de redes particulares.

A técnica em enfermagem do ambulatório de infectologia Municipal, Priscila Fernandes, definiu o momento como um “alívio”. “Todos esperavam por essa imunização e agora podemos ter mais tranquilidade”, disse a funcionária, que lembrou dos pais que fazem parte do grupo de risco. “Esperamos que todos sejam vacinados, principalmente nossos pais e avós que estão dentro de casa e, finalmente, possamos comemorar a cura desse vírus”, completou.

Manoel Justino, 65 anos, médico da UPA, qualificou a vacinação como uma “vitória da ciência”. “A humanidade está dando mais um passo importante para colocar fim à essa pandemia, que já matou tanta gente”, afirmou o profissional da saúde.

Ribeirão Pires recebeu 1.640 doses da vacina Coronavac – imunizante fabricado pela Sinovac em parceria com o Instituto Butantan – após aprovação do uso emergencial feito pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), no domingo (17). A imunização no município começou na terça-feira (19), com a aplicação da vacina no coordenador clínico multidisciplinar do Hospital de Campanha, Malek Mounir, e na enfermeira e coordenadora Rute Soares Moreno.