O Governador do Estado, João Doria (PSDB), anunciou um repasse no valor de R$ 48,5 milhões para Ribeirão Pires e as cidades do Grande ABC, através do “Programa Dinheiro Direto na Escola” (PDDE-SP). A liberação do recurso acontecerá em 2021.

O repasse do valor é transferido para a Associação de Pais e Mestres (APM) das escolas para que realizem pequenas reformas, manutenções emergenciais e adquiram equipamentos de forma mais ágil e menos burocrática, e contribuam para a melhoria do ambiente escolar e do ensino.  

Continua Após a Publicidade

“O Programa Dinheiro Direto na Escola aumentou o valor dos repasses, modernizou e tirou a burocracia, agilizando os repasses para as escolas estaduais”, disse Doria.  

Em 2020, primeiro ano do PDDE-SP, as 5,1 mil escolas estaduais de São Paulo receberam R$ 700 milhões: R$ 650 milhões e R$ 50 milhões específicos para a Covid-19. Os R$ 700 milhões representam um valor 13 vezes superior aos destinados em anos anteriores.  

“Com o PDDE-SP, as escolas estaduais ganharam agilidade para executar recursos a qualquer momento do ano letivo. E a Secretaria da Educação pode realizar a transferência direta de verba às APMs, com agilidade, sem carga de trabalho excessiva ou muita burocracia”, destaca o secretário de Estado da Educação, Rossieli Soares.