blank

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) voltou nesta quinta-feira (3), a realizar o processo para emissão do Bilhete do Desempregado, suspenso desde o fim de março por conta da pandemia do coronavírus.

O trabalhador que deseja solicitar o benefício, deverá inicialmente enviar um e-mail para o endereço desempregado@cptm.sp.gov.br, informando o RG, CPF, rescisão do contrato de trabalho e a página da Carteira de Trabalho (três páginas – com foto, dados pessoais e o registro do último emprego).

Continua Após a Publicidade

O solicitante pode enviar uma foto dos documentos ou tirar print screen do aparelho (impressão da tela), caso a carteira de identidade e de trabalho sejam digitais.

Após o envio dos documentos, a CPTM enviará uma confirmação automática de recebimento, informando que os dados serão analisados e respondidos em um prazo de até 3 dias úteis.

Caso as informações estejam corretas, será enviada uma resposta ao mesmo endereço eletrônico com a data e horário para a retirada do bilhete no posto da Estação Barra Funda. Se as informações não estiverem corretas ou legíveis, A CPTM responderá solicitando a correção. Os agendamentos respeitarão a ordem de recebimento dos e-mails com a documentação correta.

O atendimento presencial acontecerá apenas mediante agendamento prévio, ou seja, a companhia irá atender apenas passageiros que tenham recebido a confirmação da data e horário para a retirada. Esse atendimento será iniciado na terça-feira (8), entre 8h e 16h.

A Credencial para o Trabalhador Desempregado tem validade de 90 dias. É fornecida para quem tenha registrado em sua Carteira Profissional, emitida pelo Ministério do Trabalho, a baixa no último emprego há mais de 30 dias e menos de 180 dias.