blank

Em virtude da suspensão das aulas presenciais por causa do novo coronavírus, os municípios de Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra prorrogaram até o final deste ano o Cartão Merenda Escolar para alunos em situação de vulnerabilidade econômica.

O auxílio alimentação, no valor de R$ 60 por aluno, é destinado aos estudantes da rede municipal inscritos no mês de abril junto à prefeitura, e os já cadastrados em programas sociais, como o Bolsa Família e CadÚnico.

Continua Após a Publicidade

Com o programa, Ribeirão Pires disponibiliza o Cartão Merenda Escolar para 2.114 estudantes de 33 escolas públicas da cidade, cadastrados nos programas assistenciais. De abril a julho, a ação já custou cerca de R$ 380 mil aos cofres públicos. Rio Grande da Serra tem prestado assistência para mais de 2 mil alunos, matriculados em 14 escolas. O programa permanecerá em funcionamento até que haja a decisão pela retomada das aulas presenciais.

Outras cidades como Mauá e Santo André também prorrogaram pagamento do benefício, em razão das voltas às aulas programadas para o ano que vem.

No Grande ABC, os benefícios alimentícios contemplam quase 200 mil estudantes de baixa renda, matriculados na rede municipal de ensino.