blank

No último sábado (08), foi divulgado que a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) abriu uma sala especial para atendimento de denúncias de abuso sexual na linha 10-Turquesa. O lugar fica na estação Rio Grande da Serra, e compõe a segunda sala do tipo na linha – juntamente com Tamanduateí.

De acordo com a empresa, o “espaço acolher” faz parte do programa lançado no início de março pela organização. Foi informado também que o atraso para a inauguração deve-se a problemas causados pela pandemia do novo coronavírus.
Somente no ano passado, 130 mulheres denunciaram casos de assédio no transporte público. A estação da Sé do metrô, lidera os Boletins de Ocorrências (B.Os).

Continua Após a Publicidade

Nas salas de acolhimento, as mulheres recebem auxílio e orientação, e posteriormente são encaminhadas para a delegacia, na intenção de registrar o B.O. A CPTM reitera que 31 vítimas já foram atendidas.

As estações que já contam com o serviço são: Linha 7-Rubi – Vila Aurora; 8-Diamante – Jandira; 9- Esmeralda – Hebraica-Rebouças; 10-Turquesa – Rio Grande da Serra; 11-Coral – Ferraz de Vasconcelos; 12-Safira – São Miguel Paulista; Tamanduateí; Tatuapé e Pinheiros.