blank

A Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Ribeirão Pires abriu processo administrativo na tarde da última quinta-feira (6), para apurar a denúncia de que funcionários da prefeitura estariam descartando esgoto de banheiro químico na rede de Águas Fluviais. A denúncia foi feita pelo Diário de Ribeirão Pires na última quarta-feira (4), após uma publicação do Vereador Amigão D’orto nas redes sociais.

De acordo com a Secretaria, os funcionários podem não ser da Prefeitura, mas sim da empresa terceirizada que presta o serviço para o órgão, mas se for comprovado o crime, também poderão ser responsabilizados. “Quando chegou a informação para nós na secretaria, ficamos indignados. Abrimos um processo administrativo para apurar todas as informações sobre o caso para, se confirmado, que sejam tomadas as providencias cabíveis.”, informou a Secretária de Meio Ambiente, Wanessa Isídio.