Na sessão da última quinta-feira (31) a secretária de saúde, Patrícia Freitas, esteve presente para responder algumas perguntas dos parlamentares e de munícipes. O vereador Amigão (PTC) pediu a palavra logo de início para questionar a presença de alguns funcionários comissionados na reunião e o ”abandono” das respectivas unidades de trabalho, causando irritação em alguns e sendo aplaudidos por outros. Patrícia disse: ”Concordo na questão de abandonar a unidade, mas não vieram para dar apoio à minha fala, que é tecnica-administrativa. Secretário que é secretário tem que vir atender vocês”.

Depois de iniciadas as perguntas, Patrícia falou um pouco sobre a as providências tomadas em relação a estrutura da UPA: ”Foi nossa prioridade. Colocamos os equipamentos que estavam faltando, principalmente para pediatras que estavam alocados no São Lucas. Nossa meta é revitalizar e reorganizar até o final do ano”, concluiu.

O vereador Edimar (PV) perguntou se o quadro de funcionários atual era suficiente para a demanda exigida pela cidade. Patrícia respondeu: ”Trocamos muitos funcionários desmotivados que passaram muitos anos sem dar a devida atenção. Você tem que tratar os pacientes como se fossem alguém da sua família e isso não vinha acontecendo. Acho que, atualmente, o quadro clínico cobre a demanda e se ela por acaso continuar aumentando, vamos contratar mais pessoas”.

Continua Após a Publicidade

Em outro momento, Amaury (PV) questionou sobre os tomógrafos e perguntou quando irão realmente começar a funcionar. ”Dividimos por fases e a segunda está começando agora, acredito que até o final de outubro esteja funcionando, conselho nacional de Radiologia tem que vir pra ver se está tudo certo”, disse a secretária.

Os questionamentos duraram mais de 4 horas e a sessão terminou por volta de 20:30 da noite. O próximo secretário convocado foi João Mancuso, da comunicação, que já se envolveu em diversas polêmicas esse ano como o pedido de exoneração feito pelos próprios vereadores e a sua expulsão de uma reunião com o prefeito. Sua presença na casa de leis está marcada para o dia 21/09.