Ribeirão Pires tem primeiro diagnóstico de febre amarela confirmado

Um morador de Ribeirão Pires foi diagnosticado com febre amarela na primeira quinzena deste mês. O morador de 35 anos teria contraído a doença enquanto esteve em Mairiporã, cidade da Grande São Paulo com maior índice de mortes por conta do vírus.

Segundo informações, o homem teria ido até o Hospital e Maternidade Brasil, em Santo André, após ter tido náuseas e febre, que são alguns dos sintomas mais comuns da doença.

O caso estava passando por investigação e foi confirmado pelo Instituto Adolfo Lutz. O paciente se encontra internado e seu estado de saúde é estável, porém não existe previsão de alta.

O Diário de Ribeirão Pires não possui informações sobre o bairro em que o morador reside, mas a prefeitura está realizando, por meio da Vigilância à Saúde, um trabalho casa por casa ao redor de onde ele mora na busca de possíveis focos dos mosquitos.

 

Notícias relacionadas